Área do profissional

CRO-SE debate harmonização facial com profissionais da Odontologia

CRO-SE debate harmonização facial com profissionais da Odontologia

Nesta sexta-feira, 19, o Conselho Regional de Odontologia de Sergipe (CRO-SE) levanta um importante debate com os profissionais da Odontologia, sobre a realização de procedimentos estéticos com a finalidade de harmonização facial. O tema tem sido alvo de algumas polêmicas entre profissionais da saúde, e será debatido pela cirurgiã-dentista Lavínia Pithonapoli, membro da Sociedade Brasileira de Toxina Botulínica, a partir das 15h, na sede do Conselho.

No último mês, o CRO-SE chegou a emitir uma nota de repúdio a entidades médicas, que, em nota conjunta, negavam a competência do Cirurgião-Dentista para realizar procedimentos estéticos. “O CRO-SE se somou ao movimento nacional de repúdio a essa atitude, considerada desrespeitosa à nossa classe, por tentar deslegitimar um direito adquirido de realizar esse tipo de procedimento, para o qual estamos amplamente habilitados”, disse o presidente Anderson Lessa Siqueira.

No uso das suas atribuições legais, o Conselho Federal de Odontologia (CFO) regulamentou e autorizou, através da Resolução nº 176/2016, a utilização da Toxina Botulínica e dos Preenchedores Faciais pelo Cirurgião-Dentista, para fins terapêuticos, funcionais ou estéticos, desde que não extrapole sua área anatômica de atuação.

“Portanto, resguardando o direito ao exercício profissional e pleiteando o devido respeito à classe odontológica, o CRO-SE reforça publicamente que o Cirurgião-Dentista possui, sim, Capacitação, Habilitação e Formação para a realização de procedimentos estéticos com a finalidade de harmonização facial – fato reconhecido e defendido também pela Sociedade Brasileira de Toxina Botulínica e Implantes Faciais”, dizia a nota.

Segundo o Conselho, por possuir conhecimento sobre as estruturas de cabeça e pescoço, o cirurgião-dentista pode tratar certas afecções da face e da cavidade oral de forma conservadora e segura com a aplicação da toxina botulínica, uma vez que possua treinamento específico e conhecimento sobre sua utilização. Na palestra, a temática será abordada a partir do tema “A nova fase da Odontologia – mostrando tudo sobre harmonização das linhas faciais”.

Sobre a palestrante
Atuando na área de Reabilitação Orofuncional com ênfase em fototerapia, toxina botulínica e materiais de preenchimento facial, Dra. Lavinia Pithonapoli é graduada em Odontologia pela UFS; Pós Graduada em Ortodontia e Ortopedia Funcional dos Maxilares, e em Estética Facial; e tem atualização em Laser na Estética. Possui cursos REO Basic e REO Advanced; Toxina Botulínica como meio terapêutico na Odontologia; Preenchimento Orofuncional na Odontologia; Fototerapia Aplicada à Estética Facial; e Pigmentação Labial na Odontologia. É, ainda, membro da Sociedade Brasileira de Toxina Botulínica e membro da Estética Facial Italiana.

Ouvidoria Artigos Dúvidas frequentes